• Jônatas Catunda de Freitas

Exame de tireóide – Entenda cada um!

Quer saber quais exames dão o diagnóstico das doenças da tireóide? Neste artigo vou te mostrar como interpretar o resultado de cada exame!

Quais são os principais exames?

Antes de começar quero que você saiba que nenhum exame complementar substitui uma consulta com um especialista! Não utilize essas informações para auto- diagnóstico e auto-tratamento, ok?! Em Medicina existem 2 grupos de exames, os exames laboratoriais e os exames de imagem.

Exames laboratoriais

São os exames de sangue. Em tireóide, os principais exames são o TSH e o T4 livre – mostram um aspecto geral da função e da produção de hormônios da glândula. Devem ser solicitados em exames de rotina pois as doenças da tireóide são muito frequentes. No hipotireoidismo, o TSH está alto e o T4 livre está baixo. No hipertireoidismo é o contrário – TSH baixo e T4 livre alto.

Também utilizo a dosagem de anticorpos anti-tireoidianos para avaliar as doenças auto-imunes da tireóide. A principal delas é a Tireoidite de Hashimoto. Nessa doença o anti-TPO (anticorpo anti-peroxidase ou anti-microssomal) e a anti-tireoglobulina estão alterados. Em estágios iniciais, a função da glândula pode estar normal, porém pode evoluir para o hipotireoidismo. Esses exames geralmente não precisam ser solicitados de rotina.

Outro exame importante é o TRAB – anticorpo anti-receptor do TSH, que quando positivo confirma o diagnóstico de Doença de Graves, a principal causa de hipertireoidismo.

A tireoglobulina é um dos principais exames utilizados no seguimento dos pacientes tratados de câncer de tireóide. É uma proteína produzida apenas pelo tecido tireoidiano e pelo câncer bem diferenciado da tireóide – o carcinoma papilífero. Após a tireoidectomia total (cirurgia para retirada de toda a tireóide), a dosagem de tireoglobulina deve ser igual a zero. Quando a tireoglobulina começa a subir é uma indicação de que existe doença em atividade e que pode aparecer uma recidiva.



Exames de imagem

Neste artigo não irei detalhar os exames de imagem pois são muitas informações em cada um. Farei artigos específicos sobre cada exame.

  1. Ultrassom da tireóide – leia mais!

  2. Ultrassom cervical (além de avaliar a tireóide, analisa as cadeias linfonodais cervicais)

  3. Tomografia do pescoço com contraste

  4. Cintilografia

Sobre o site drtireoide.com

Hoje em dia, com a quantidade de informação disponível na internet  ca difícil encontrar conteúdo de qualidade. E esse é exatamente o meu objetivo, levar  informação de qualidade a quem precisa. As vezes percebo que não consigo passar para o paciente todo o conhecimento sobre a sua doença ou, devido a ansiedade da consulta, o paciente não capta toda a mensagem.  Qualquer dúvida escreva nos comentários. Talvez eu escreva um post ou faça um vídeo sobre o seu problema! Se você quiser  marcar uma consulta comigo, clique aqui

Criei esse site para ajudar meus pacientes a entender melhor o seu tratamento. Percebi que os médicos em geral não tem tanto conhecimento sobre tireóide como o cirurgião de cabeça e pescoço tem. Não é fácil encontrar conteúdo de qualidade voltado para pacientes na internet, pois o dr google já diz que tudo é câncer. Por isso tenho essa missão de compartilhar o que sei para facilitar sua vida! Obrigado!

1 visualização0 comentário