• Jônatas Catunda de Freitas

Traqueostomia após a tireoidectomia

Neste artigo vou te explicar uma das possíveis complicações da tireoidectomia e a sua consequência – a necessidade de traqueostomia!

Você não deve saber disso, mas toda cirurgia tem risco de precisar de uma traqueostomia, principalmente as da cabeça e pescoço. Esse procedimento serve para garantir a respiração quando a passagem do ar foi interrompida por algum motivo. Pode ser necessária por vários motivos, como alguma complicação na intubação ou extubação, laringoespasmo grave, edema de glote, traqueomalácia, sangramentos… No caso da tireoidectomia total o que pode acontecer é a paralisia bilateral de prega vocal.

O que é traqueostomia?

A traqueostomia é a abertura da traquéia e a colocação de um tubo para respiração diretamente por ela. Na maioria dos casos é temporária e a abertura fecha e cicatriza em duas semanas, para isso basta retirar o tubo.

Inervação da laringe

A cirurgia da tireóide é um procedimento extremamente complexo e só deve ser realizado por quem entende do assunto – o cirurgião de cabeça e pescoço. De cada lado da tireóide passam 2 nervos muito importantes para a fala – o nervo laringeo recorrente que inerva quase todos os músculos das pregas vocais, e o nervo laringeo superior – inerva o músculo cricotireóide que atua aumentando o tom da voz. Na imensa maioria dos casos esses nervos são preser